A POÉTICA DO CORPO NO ESPAÇO

 

A exposição tem como objetivo abordar os temas despertados no artista durante sua experiência acadêmica e é também uma forma do pesquisador utilizar a multidisciplinariedade para apresentar à sociedade aspectos percebidos na pesquisa de campo.

A amostra do trabalho não tem a pretensão de explicar, apenas apresenta algumas questões sobre as masculinidades e corporeidades utilizando as artes visuais como registro da relação do corpo com o espaço, a sociedade e a cultura.

Com isso o artista pretende expor como a etnografia é capaz de impactar os próprios preconceitos, desnudando muitas das noções construídas sobre a corporeidade. Tudo isso é apresentado nas obras pintadas com tinta acrílica que serão organizadas no espaço e brincarão com a própria noção de espaço, permitindo que o público tenha uma experiência diferenciada sobre as nuances de uma pesquisa acadêmica.

A exposição “A poética do corpo no espaço” contou com obras feitas com acrílica sobre o papel, sobre o tecido e outros elementos. As pinturas tinham dimensão 297mmx420mm, com papel A3 90g/m² e teve a abertura no mês de novembro de 2019 no Museu de Arqueologia e Paleontologia da UFPI.

3 – O Azul Opressor
press to zoom
2 – Invisíveis
press to zoom
Um corpo pós-moderno
press to zoom
Ocupação escatológica
press to zoom
Pós Sarau
press to zoom
À margem do cânon
press to zoom
A margem do Canion
press to zoom
Pontes apartam
press to zoom
Pontes apartam
press to zoom
1/2